You are currently browsing the tag archive for the ‘projeto índios’ tag.

Depois de estudar sobre os Índios do Alto Xingu, os alunos do 3º ano prepararam uma apresentação e convidaram os alunos do 2º ano para assistir.

Divididos em grupos, contaram tudo o que aprenderam sobra a cultura indígena, o modo de vida, alimentação, festas tradicionais, danças, lutas, utensílios domésticos, tradições, entre outras coisas.

Além de muita pesquisa realizada em sala de aula e no Laboratório de Informática, a turma teve a oportunidade de vivenciar a cultura indígena em um encontro com integrantes da tribo Kuikurus, no Sítio Toca da Raposa, depois visitaram o Museu do Índio, em Embu das Artes e foram recepcionados por Walde-Mar Andrade Silva, responsável pelo Museu e autor do livro utilizado pelos alunos, “Lendas e Mitos dos Índios Brasileiros”.

Os alunos também aprenderam com a presença de pais que participaram do projeto. O arquiteto Alexander, pai da Luiza, falou sobre as construções indígenas e o engenheiro Ricardo, pai do Tiago, contou sobre a experiência que viveu morando na Amazônia.

Os alunos do 2º estavam interessados na apresentação e fizeram diversas perguntas, afinal, no próximo ano também vão estudar os índios e suas histórias. “Com esta apresentação tão cuidadosa e rica em detalhes, pude perceber como vocês aprenderam sobre o assunto. Estou muito orgulhosa de vocês”, disse a professora Liloca, do 2º ano.

Para finalizar o trabalho sobre os índios das aldeias do Alto Xingu neste final de semestre, os alunos do 3º ano do Fundamental foram visitar o Museu do Índio – Centro de Informação da Cultura Indígena, localizado em Embu das Artes.

A turma foi recepcionada por Walde-Mar de Andrade e Silva, artista plástico e responsável pela montagem do museu. Walde-Mar também é o escritor do livro Lendas e Mitos dos Índios Brasileiros – utilizado pelos alunos durante o estudo indígena.

Durante a conversa, Walde-Mar contou aos alunos pesquisadores sobre sua história com os índios, afinal se tornou especialista depois de conhecer os irmãos Villas Boas e viver entre os índios no Parque Indígena do Xingu. Detalhes sobre a vida e os costumes dos índios foram devidamente anotados pelos alunos.

Um guia de campo foi distribuído para as turmas que tiveram que completá-lo ao longo da visita ao museu. Para isso precisaram encontrar diversos objetos feitos a partir das matérias-primas: palha, madeira, ossos e dentes, penas e peles e sementes.

Clique aqui e veja o álbum de fotos da visita.

Depois de todo semestre estudando sobre o povo indígena, seus costumes e cultura, histórias, e toda influência que exerceram em nossas vidas, os alunos do 3º A escolheram como produto final fazer uma apresentação utilizando fantoches.

O teatro de fantoches foi apresentado para toda a turma e também para os alunos do 2º ano da manhã que fizeram parte da platéia bem animada. A janela da sala de aula foi transformada em palco para esta celebração.

As histórias contadas pelos alunos no teatro de fantoches foram feitas baseadas no livro “Lendas e Mitos dos Índios Brasileiros”, de Walde-Mar de Andrade e Silva, artista plástico e escritor que conheceram quando visitaram o Museu do Índio, em Embu.

Uma delas foi a lenda do Tucumã e outra a do Homem Chuva. O terceiro grupo decidiu fazer uma história com dados coletados durante a pesquisa e falaram sobre o Quarup e o modo de vida dos índios.

O aluno Marc contou que leram o texto do livro e depois escolheram quais seriam os personagens. Depois fizeram os fantoches durante as aulas. Para Giulia foi divertido combinar com seus colegas quem faria cada um dos fantoches da história.

Para alguns era importante prestar muita atenção ao que estava sendo contado para que seus fantoches aparecessem na hora certa. Para outros a atenção tinha que ser na hora da leitura. “Eu escolhi ler a história porque acho muito legal”, contou o narrador Natan.

Depois de terminada a apresentação e concluído o Projeto Índios do Alto Xingu os alunos contaram quais foram as atividades que mais gostaram desde o início deste trabalho. Para o grupo do João L. o momento mais importante foi visitar o Museu do Índio, os amigos do Felipe C. gostaram muito de conversar com o escritor Walde-Mar e descobrir tantas coisas novas. A turma da Rebeca foi unânime em dizer que o melhor do projeto foi poder conhecer os índios Kuikurus, no sítio Toca da Raposa, e assistir suas danças e lutas.

E assim, ficam as lembranças e todos os ensinamentos sobre este povo tão importante para a história do nosso país.

Clique aqui e veja os artistas em ação.

Arquivos

setembro 2014
S T Q Q S S D
« abr    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 274 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: