Adriana e Adson - Clique para ampliarEquilíbrio, concentração, controle da respiração, bom condicionamento físico e, logicamente, talento dramático. Essas são as principais características para a interpretação de uma estátua viva.

Esta arte, originária da Grécia, teve seus primeiros personagens saídos do Teatro. E logo depois se disseminou por toda a Europa até conquistar o mundo. Hoje, o estatuímo – que é a arte da representação de uma escultura perfeita mediante a imobolização – conquistou seu espaço e é uma atração para todo tipo de público. Atraí todos os olhares, desde os pequeninos e curiosos até os mais experientes.

Adriana Gatti, responsável pela Gatti Eventos, fez um estudo específico para a preparação do personagem Atlas no Friburgo. “A maquiagem, o figurino e o globo foram produzidos especialmente para a ocasião”, conta. Adson Boer, de 26 anos, foi o escolhido para Adson terminando de se pintar - Clique para ampliarinterpretar o titã da mitologia grega. Boer, é performer há pouco mais de um ano e começou sua carreira com Fausto Lima, um dos mais conceituados profissionais da área. Mas, apesar do pouco tempo trabalhando como estátua viva, ele deu um verdadeiro show de interpretação na chegada dos alunos na escola em nosso primeiro dia de aula.

Clique aqui para ver um slideshow do making of da transformação de Adson em Atlas. Leia mais sobre este evento.