Uma turma aprendendo consciência ecológica - Clique para ampliar
Os alunos de sete a onze anos do Colégio Friburgo estão dando exemplo de preservação da Natureza.  Mostrando que vestiram a camisa do Ano Internacional do Planeta Terra – campanha organizada em 2008 pela Unesco -, esses verdadeiros econautas-mirins estão realizando uma série de pequenas ações para fazer na prática o que aprendem na teoria.

Reclicle! Clique para ver mais desenhosAs turmas de 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental montaram murais nas salas com compromissos assumidos por cada aluno e por suas famílias, como apagar a luz ao sair da sala e diminuir o consumo de descartáveis.

Já algumas turmas, como o 4º B estão juntando restos de papel para reciclar e fazer cartões para o dia das mães. Eles também bolaram slogans que serão colados acima dos interruptores de luz da escola para conscientizar colegas, funcionários e professores sobre a importância de economizar energia. Junto às frases estará a mascote da campanha. Desenhado e escolhido em votação pelos próprios estudantes.

Clique aqui para ver um slideshow com alguns dos desenhos feitos pelos alunos e aqui para ver desenhos e fotos no Flickr.

Quando os pequenos dão aula e viram mestres

Grande vilão do meio-ambiente, já que pouco é biodegradável e mesmo sua reciclagem também prejudica a natureza, o lixo descartável, principalmente os copos e embalagens plásticas, estão recebendo tratamento especial por parte dos alunos de segundo a quinto anos do Ensino Fundamental do Friburgo. Apesar da pouca idade eles estão dando uma verdadeira aula sobre preservação do meio-ambiente para os mais velhos com pequenas iniciativas como diminuir o consumo dos descartáveis.

Professora Maria CláudiaPara tanto, os pequenos mestres montaram com a ajuda de seus professores uma tabela em cada turma que serve para contar a quantidade de material descartável que cada criança traz em seu lanche diariamente. O objetivo, com a ajuda dos pais, é diminuir ao longo do tempo a quantidade desse tipo de material. “Envolvemos também as famílias e a comunidade, levando à conscientização. Para que usar guardanapos de papel, se podemos diminuir a quantidade de lixo que produzimos, embrulhando tudo em um de pano? Trazer um sanduíche feito em casa no lugar daqueles salgadinhos industrializados é outra atitude que além de ser ecológica, faz um tremendo bem para a saúde”, garante Maria Claudia Giopatto (foto), professora do 3º ano.

Uma rápida olhada pelas tabelas, que ficam expostas em um canto da lousa, é suficiente para mostrar que a iniciativa tem dado frutos. Mas o que chama mais a atenção são as garrafinhas de água ou suco nas mesinhas onde sentam as crianças. Maria Claudia explica: “Aposentamos de vez os copos descartáveis. Agora, bebida só na canecaCada aluno traz sua garrafinha de casa e sempre a usa para beber”. No começo, se os pais não lembrassem, as crianças também se esqueciam. Mas agora, todas fazem questão de lembrar e trazer as garrafinhas, que vêm fazendo enorme sucesso. De todos os tipos e cores, algumas já estão sendo até personalizadas e acabam revelando um pouco da personalidade da criança.

Professores também substituram o copo descartável pelas suas canecasCom essa e outras iniciativas, como a de trazer reportagens e dicas sobre preservação do meio-ambiente publicadas em suplementos infantis dos jornais ou publicações dirigidas para as crianças, com o objetivo de debater cada matéria com os coleguinhas, os jovens mestres do Friburgo estão dando uma verdadeira aula de consciência e compromisso para com o futuro do planeta.