Alunas fazendo sua apresentaçãoUm dia todas as pessoas acabam precisando falar para uma platéia, seja em uma peça de teatro, uma palestra, a apresentação de um trabalho de faculdade, a defesa de uma tese, ou mesmo em uma dinâmica para conseguir uma vaga de emprego.

O grande problema é que muitas vezes as pessoas não estão preparadas para enfrentar a platéia. A vergonha toma conta, a pessoa começa a gaguejar, esquece o que iria falar, e além de tudo ainda precisa saber a melhor forma de segurar o microfone. Um problema e tanto!

Pensando nisso, o Colégio Friburgo adotou, desde 2007, como parte do currículo de disciplinas do 7º ano, a aula de Expressão Oral. Durante as aulas, os alunos aprendem a ter uma postura adequada para uma apresentação, serem oportunos em seus comentários e também a utilizar todos os recursos técnicos. O professor já é bem conhecido dos alunos, afinal Marcos Arilho é professor de teatro.

“O grande objetivo destas aulas é fazer com que os alunos, que ainda são bem novos, aprendam coisas que vão utilizar durante toda a vida. Fico muito feliz em ver que eles conseguem utilizar todos os recursos e nos surpreendem”, conta Marcos.

Receitas culináriasOs alunos durante as aulas foram incentivados a criar um programa de TV, para apresentar matérias, entrevistas e criar propagandas, utilizando diferentes possibilidades de estilos, variando do mais formal ao mais irreverente e descontraído. E durante as apresentações teve de tudo um pouco: telejornais que abordavam as notícias atuais presentes na mídia, previsões do tempo, especiais sobre um determinado assunto e até mesmo um programa com receita culinária.

Professor Marcos orienta os alunosDepois das apresentações é hora de todos avaliarem o desempenho individual e do grupo em um agradável bate-papo com o professor. “O melhor de tudo é que os alunos aprendem a lidar com o erro, a improvisar e a ter jogo de cintura para resolver um problema de percurso”, conclui Marcos Arilho.

Veja algumas fotos aqui.

Anúncios