Barragem de SalesópolisOs alunos do 4º ano saíram no dia 18 de junho, com destino à Salesópolis para conhecer a nascente do rio Tietê, famoso por atravessar o estado e a cidade de São Paulo, e concluir o estudo de Ciências do semestre. Salesópolis fica a 96 km da capital e é uma área de proteção ambiental, relacionada à proteção de mananciais.

As nascentes do rio Tietê (que em tupi significa “rio verdadeiro”) ficam no Parque Nascentes do Rio Tietê e brotam de três diferentes locais. “Eu gostei muito de ver como é a nascente do rio Tietê, parece um laguinho pequeno e limpo e quando chega em São Paulo fica bem grande e cheio de lixo”, disse o aluno Yuri.

Os alunos descobriram que Salesópolis acabou se tornando uma cidade dormitório, afinal os moradores trabalham em outras cidades da região. Em Salesópolis é terminantemente proibida a presença de fábricas, indústrias, aterros sanitários, cemitérios e até mesmo hospital. O hospital da cidade envia todo o seu lixo hospitalar para ser incinerado em São José dos Campos. Tudo para evitar a contaminação dos lençóis freáticos.

A Barragem da Ponta Nova e a Usina Parque Salesópolis também foram visitadas pelos alunos. “Na usina tem um lugar Alunos visitam Usina Parque Salesópoliscom aparelhos que parecem de ginástica. Com nossa força, o aparelho produz energia que faz acender uma luz e também faz sair água da torneira”, contou Gabriela. Estes aparelhos ficam no Espaço Energia, um local especialmente criado para demonstrar a utilização da energia e também desenvolver a conscientização para a preservação da Mata Atlântica. Para a aluna Júlia, uma das coisas mais marcantes da viagem, além de se espantar com o tamanho da nascente do rio Tietê, foi conhecer uma máquina antiga que levava energia para quinze cidades vizinhas de Salesópolis.

Clique aqui e veja as fotos desta saída pedagógica.