IMG_4759No início de outubro o Colégio Friburgo teve o privilégio de ser a primeira escola a receber a equipe responsável pelo famoso “Flutuador” do Projeto Rios de São Paulo, patrocinado pela Rede Globo.

Tudo começou na sala de aula do 3º ano B, quando as crianças trouxeram notícias para o estudo que está sendo desenvolvido sobre a água. A aluna Kalindi trouxe, para compartilhar com os amigos, uma notícia do flutuador que percorria o Rio Tietê. Neste momento, sua colega de classe Sophia contou que seus pais estavam trabalhando neste projeto da Rede Globo. Pronto! Estava tudo resolvido, os pais da Sophia viriam até a escola contar sobre o projeto.

A grande surpresa é que não só vieram os pais da aluna, como também outros responsáveis pelas etapas iniciais do projeto e o aventureiro Dan Robson, que topou levar o flutuador por 32 dias, passando por 30 municípios com o objetivo de medir o nível de oxigenação da água do rio Tietê desde a sua nascente.

IMG_4741Dan contou como foi esta fantástica experiência, falou sobre a importância de preservar a água e cuidar do lixo, disse que a condição do rio em alguns trechos era de total calamidade e mostrou a roupa especial utilizada por ele para que não se contaminasse no contato com a água. Até mesmo o próprio flutuador foi inflado na frente dos alunos que puderam depois, um por um, experimentar a sensação de sentar dentro dele.

“Montanhas de garrafas Pet impediam minha passagem pelo rio, eu precisava retirar o bote das águas e seguir pela margem por quilômetros, pois o lixo bloqueava a passagem e me impedia de continuar. As coisas mais impressionantes que encontrei no rio foram carros bem enferrujados que quase furaram o bote, sofás e sapatos. O pior trecho foi na região de Mogi das Cruzes”, contou Dan.

Depois das explicações de como surgiu a ideia, a confecção dos protótipos, as reuniões da equipe e definição do projeto, Dan e todos os participantes presentes foi bombardeado com perguntas dos alunos.

No final do encontro Dan deixou para os alunos a maior mensagem que ficou para ele depois de participar deste projeto: “Devemos cuidar dos rios e jogar o lixo no lixo. Se cada um de nós fizer um pouquinho, teremos um mundo muito melhor”.

Clique e veja as fotos do encontro.

 

Anúncios