Em 2010, na EDUCAÇÃO INFANTIL E FUNDAMENTAL I, a LINGUA INGLESA será ministrada, com carga horária de 5 horas aulas semanais em todos os anos, a partir do Simbólico I até o 5º Fundamental. Para a consecução desse plano adotaremos um dos métodos mais atuais de Ensino da Língua Inglesa, SYSTEMICS o qual, foi devidamente avaliado pela Coordenação de Inglês e Assessorias. Todas as séries terão 1 (uma) hora/aula diária de Inglês, cujo ensino compreende a concepção da aprendizagem através do ensino de conteúdos. Essa decisão coloca o Friburgo, a caminho das escolas de caráter bilíngue.
Durante a primeira semana de fevereiro as professoras que assumirão o systemic (Casinha e Fundamental I – Fabi, Tati, Eloisa, Josi e Angela) estiveram em treinamento com Fátima e Vanessa Tenório, criadoras da metodologia, para conhecer melhor e aprender a usar o método que trabalha com o inglês como meio de instrução, integrando-o a outras disciplinas.
“O treinamento foi intensivo e muito proveitoso, com várias ideias e sugestões para tornar nossas aulas mais dinâmicas e interessantes”, conta Angela, coordenadora de Inglês do Friburgo.
O método baseia-se nas teorias de Language Acquisition e em abordagens como Content Based Instruction (CBI), amplamente utilizada para ensinar inglês a estrangeiros que frequentam escolas regulares nos Estados Unidos da América, e English as Medium of Instruction (EMI), agora em franca expansão no leste europeu e na Ásia. Segundo as teorias de Language Acquisition, o aluno “adquire” (acquires) um idioma estrangeiro se for exposto a conteúdo relevante e compreensível de acordo com seu nível cognitivo. A expressão “aquisição” (acquisition) é utilizada para contrapor a “aprendizagem” (learning) já que, segundo a teoria, a primeira é um processo subconsciente enquanto a segunda é consciente. A grande vantagem da aquisição sobre a aprendizagem é a naturalidade com que a língua é incorporada pelo aluno.

Visite também o Blog de Inglês!