Depois de muita preparação e ensaios orientados pelo professor de Teatro Marcos Arilho, os alunos do 5º ano fizeram bonito e emocionaram pais e convidados presentes no sarau de poesias.

O sarau, na noite do dia 4 de novembro, foi inspirado em José Paulo Paes (1926-1998), um dos poetas mais populares, respeitados e queridos entre as crianças. Seu sobrinho-neto, João Pedro, sentou em frente a máquina de escrever e representou o poeta escrevendo suas obras na abertura da apresentação. Para iniciar a apresentação, todos juntos, declamaram “Convite”, poesia de José Paulo Paes que diz que poesia é brincar com as palavras. E foi exatamente desta forma que os alunos aceitaram o convite e declamaram poesias de Fernando Pessoa, Cecília Meireles, Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira, entre outros, durante todo o sarau.

No final, a turma homenageou Tia Dora, esposa de José Paulo Paes, e tia-avó de aluno, que estava presente no teatro para assistir a apresentação. A emoção tomou conta de todos. Pais e familiares dos alunos, além de funcionários, coordenadores e diretores também foram convidados a declamar poesias e participar deste evento cultural do Friburgo que abre as atividades da Liverdade 2010. Não percam a exposição no sábado, 06/11, das 10h às 15h.

Veja as fotos do Sarau.

Vale ressaltar tamanho privilégio!
Uma das últimas atividades do Projeto de Língua Portuguesa, sobre o tema poesia, foi a visita na casa da “Tia Dora”.

Além de conservar o escritório do poeta intacto, tia Dora também tem muitas fotos e objetos antigos. Sua casa, muito agradável, parece um verdadeiro museu. Em cada cantinho, uma nova descoberta. Ainda mais para esta turminha cheia de curiosidade. “A casa da Tia Dora é muito agradável e a conversa que os alunos tiveram com ela foi incrível. Poucas vezes eu presenciei um encontro tão emocionante”, contou o professor Marcos que acompanhou os alunos na visita.

Clique aqui e veja fotos dos alunos na casa da Tia Dora.