Em breve todos os alunos, a partir do 7º ano, serão convidados para participar de uma reunião para apresentação do Projeto Mediação de Leitura, desenvolvido pelo Friburgo em parceria com a Fundação Abrinq. Trata-se de um projeto com o objetivo de ampliar o acesso à leitura e ao livro de qualidade para crianças carentes que vivem em situação de risco.

Depois da apresentação os alunos poderão decidir se querem fazer parte deste grupo que desenvolve este trabalho social tão importante e gratificante. As atividades acontecem a partir do mês de março.

Para se tornar um mediador de leitura, o aluno precisa passar por uma capacitação, com um total de 16 horas de duração. A capacitação é feita, normalmente, por multiplicadores de ONGs e instituições indicadas pela Abrinq. Este ano, o Friburgo conta também com quatro alunos que em 2010, tornaram-se multiplicadores, após realizar 60 horas de trabalho voluntário de mediação e passar por um treinamento especial.

Para o orgulho do Friburgo, Ana Carolina, Julia e Gabriela, do 3º ano e o aluno Rafael do 1º ano do Ensino Médio poderão, com sua experiência adquirida, passar para os alunos interessados muitas orientações sobre brincadeiras lúdicas, aquecimento para a leitura, mediação, escolha dos títulos mais indicados para cada faixa etária, e toda a preparação inicial e relatório das atividades.

A diretora pedagógica do Friburgo, Iracy Garcia, defende o trabalho voluntário como fator de extrema importância para o autoconhecimento e desenvolvimento da personalidade de cada um. “Sempre me lembro de uma frase de Gandhi onde ele diz que nós somos a mudança que queremos para o mundo. Está na hora de cada um buscar tempo, colocar metas e mudar a si mesmo. Desta forma, todos juntos, poderemos modificar a realidade”, conclui Iracy.

Pense nisso e venha fazer parte deste grupo!