Logo no início das aulas os professores orientaram cada classe para escolher  – por votação -dois alunos, sendo um como representante e um como suplente. Estes alunos serão a ponte de ligação de toda a classe com a diretoria. “Estas reuniões de representantes começaram a acontecer no ano passado e o resultado foi muito importante para a escola”, explica o diretor José Carlos.

Assuntos de interesse coletivo são passados para os representantes que mensalmente participam de um encontro com a coordenação e direção do Friburgo para expor suas ideias, opiniões e solicitações. O representante deverá sempre trazer para as reuniões as opiniões e críticas de maneira imparcial, sempre pensando no grupo e não individualmente.

A primeira reunião com cada um dos grupos: Fundamental I, Fundamental II e Ensino Médio, aconteceu nesta última semana de fevereiro.

O projeto adotado este ano pelo Friburgo de trabalhar com metas (individuais e do grupo) foi abordado e tratado com a importância que terá durante todo o ano letivo. Cada classe vai fixar suas metas coletivas nos murais da sala de aula e mensalmente serão avaliadas durante os encontros de representantes.

Todas as anotações referentes as reuniões serão feitas em um caderno que será público para todos os alunos.  “Logo no primeiro encontro os alunos trouxeram algumas observações e as metas do grupo bem definidas. Fiquei feliz com o que eu escutei desta turma”, conclui a diretora Iracy Garcia.

Todos terão bastante trabalho pela frente, com muita autonomia e responsabilidade!