You are currently browsing the category archive for the ‘palestras’ category.

O primeiro evento Consciência foi um verdadeiro sucesso de público e crítica. Os alunos assistiram a uma palestra muito explicativa e interessante, com um dos maiores especialistas em Eco Controle de Pragas, o biólogo da Biópolis/USP e ex-aluno do Friburgo, Randy Baldresca.

No sábado, 02/06, centenas de convidados, entre pais, familiares e amigos, vieram ao Colégio Friburgo para visitar a Feira de Ciência, onde os alunos de Fundamental ao Ensino Médio apresentaram seus projetos desenvolvidos durante as aulas. Ações transformadoras e conscientes para um planeta saudável e sustentável. As ideias dos alunos, desde o reaproveitamento de alimentos, reciclagem de materiais, captação de água, horta suspensa, e muitas soluções para a energia renovável e sustentável foram concretizadas, transformando o espaço em uma exposição de consciências.

Dias 05 e 06/06 os alunos assistiram e participaram do Show de Física, com o professor Diego Almeida. Contando com a interação dos alunos, o professor exemplificou muitas teorias e conceitos da Física fazendo inúmeras experiências e demonstrando resultados de tirar o fôlego no palco do Teatro Grande Otelo. Em diferentes horários as apresentações foram feitas para todos os alunos do Colégio.

Os alunos estão de parabéns por demonstrar tanto empenho e dedicação aos projetos desenvolvidos contribuindo para o sucesso do evento. O resultado pode ser visto na galeria de fotos abaixo.

Palestra Eco Controle de Pragas
Feira de Ciências
Show da Física

Anúncios

Depois dos alunos do Fundamental II e Ensino Médio foi a vez dos pais e convidados participarem da palestra da advogada e especialista em direito digital Patrícia Peck.

Uma das pessoas mais experientes e credenciadas para falar sobre o assunto, a Dra Patrícia explicou sobre os cuidados que devemos ter ao utilizar as redes sociais, como agir para proteger a privacidade e imagem, além de citar os problemas criados com o excesso de exposição.

Para os alunos a palestra foi de grande valia, despertando grande interesse e fazendo-os refletir, afinal nasceram em uma era digital e hoje a internet e redes sociais fazem parte da sua rotina. Mesmo os menores, que não poderiam ter perfis criados em redes sociais sem a autorização e inscrição realizada pelos próprios pais, que são os responsáveis legais, possuem páginas com o seu perfil.

No caso de uma denúncia de cyberbullying, por exemplo, ou mesmo com a criação de um perfil falso por um menor de idade, os seus responsáveis é que respondem ao processo. Por esta razão, os pais também foram convidados para participar de um encontro especial onde Patrícia orientou sobre a melhor maneira de agir e também colocou muito bem quais são os papéis da escola e da família na orientação das crianças e jovens para adquirir uma postura ética e segura.

“Com esta palestra pretendemos harmonizar o trabalho educacional, estreitando as relações entre família-escola, visando ao diálogo e ao conhecimento sobre este tema tão importante”, explica o diretor Ciro de Figueiredo.

Algumas dicas da Patrícia:
– Dê o exemplo, use a tecnologia de forma ética, segura e legal;
– Conheça as leis, elas se aplicam a Internet;
– Proteja sua identidade digital;
– Respeite a opinião das pessoas e aprenda a criticar sem ofender;
– Respeite os direitos autorais e cite a fonte e o autor;
– Reflita antes de publicar algo nas redes sociais, depois não tem como se arrepender
– Só use imagens e fotos autorizadas para publicação.

www.criancamaissegura.com.br

Para finalizar o estudo sobre nutrição e os distúrbios alimentares nas aulas de Fisiologia e Comportamento, o professor Roberto Trindade convidou uma nutricionista para conversar com os alunos do 9º ano.

Geórgia Lasse, nutricionista pós-graduada e com vasta experiência na área, elaborou uma apresentação para a palestra baseada nas questões que recebeu anteriormente dos próprios alunos.

“Vamos falar sobre a nutrição, como profissão, sua história e, principalmente sobre a importância de uma alimentação balanceada na resolução de grandes problemas da atualidade. Hoje, 90% dos grandes problemas de saúde no mundo estão ligados à nutrição”, contou Geórgia.

Desde a antiguidade e os tempos mais remotos, se falava da importância da alimentação. Hipócrates dizia que o alimento seria o melhor remédio e observou que os indivíduos obesos morriam precocemente. Já se falava também que para alcançar qualidade de vida e saúde era necessário aliar atividade física a uma alimentação saudável e balanceada.

A palestrante também falou sobre todos os nutrientes e suas funções no organismo apresentando a pirâmide alimentar que deve ser seguida por todos. Apresentou e explicou também cada um dos distúrbios alimentares, como bulimia, anorexia e obesidade.

Os alunos assistiram a um vídeo impressionante sobre o desperdício e a desnutrição.

Antes de terminar o encontro os alunos puderam fazer outras perguntas, que foram respondidas com muita propriedade pela convidada e em seguida, realizaram uma prova texto sobre o tema.

Veja as fotos da palestra.

As turmas do 5º ano, dentro do projeto de Língua Portuguesa, já tiveram contato com três biografias diferentes do poeta e escritor, José Paulo Paes. Depois de ler e verificar os estilos de escrita os próprios alunos se preparam para também escrever uma biografia de um dos mais importantes poetas brasileiros.

Para enriquecer este trabalho, a viúva de José Paulo, conhecida como “Tia Dora”, já que é tia de aluno do Friburgo, esteve no colégio para contar detalhes da vida do poeta. Os alunos prepararam algumas perguntas para complementar as informações que já tinham. O professor de Teatro, Marcos Arilho intermediou o encontro.

Tia Dora contou sobre o trabalho de José Paulo como escritor, tradutor, ensaísta e poeta, e muitas histórias vividas e divididas com ele nos 46 anos de casamento. Leia abaixo as repostas  de Tia Dora para alguns questionamentos dos alunos e conheça também um pouco mais da vida deste grande poeta.

O início – José Paulo foi assistir uma apresentação de balé da companhia que Dora fazia parte e os dois se apaixonaram. “Foi mesmo amor a primeira vista”.

Aos 26 anos José Paulo foi diagnosticado com uma grave doença evolutiva. Pouco saia de casa e tinha um mundo todo dele voltado para os livros e poesias. Sua casa vivia cheia de amigos como Jorge Amado, Zélia Gattai e Monteiro Lobato. Dora estudou sobre a doença e aprendeu diferentes técnicas de massagens e exercícios para poder ajudá-lo. A previsão médica era que ele viveria uns 5 ou 6 anos e ele conseguiu sobreviver por mais 30 anos. “Ele nunca questionou o que aconteceu com ele. Aceitou a doença e sua situação de maneira muito corajosa.”

Nas horas vagas, o passatempo preferido de José Paulo Paes era fazer traduções de poemas. “Quando viajávamos para outro país, ele comprava a antologia dos principais poetas, um dicionário, uma gramática e começava a traduzir. Era autodidata e aprendeu nove idiomas. Ganhou um prêmio na Grécia, A Cruz de Ouro, que é dado pelo povo, por ter feito a primeira tradução de um poema grego diretamente para o português”.

Como não havia televisão ou outra distração tecnológica, desde pequeno José Paulo gostava de ler. Por sua paixão pelos livros seu talento com as palavras se tornou mais forte. A inspiração vinha de qualquer coisa. Escreveu um poema sobre os óculos, onde perguntava se quem enxergava era ele ou os óculos. Tudo era motivo para escrever.

“Muitas crianças frequentavam a nossa casa e gostavam de brincar com as palavras com José Paulo. A palavra era muito importante para ele. Um dia sugeri que ele reunisse todas as brincadeiras e trocadilhos em um livro em forma de poesia”. Assim começou o seu trabalho literário para as crianças.

José Paulo era muito tímido, um homem bom, tranqüilo e sempre disposto a ajudar os outros. A vida dele eram os livros, palavras e escritores. “Ele escrevia artigos para jornais e sempre preferia elogiar a criticar um trabalho. Chegavam cartas para ele com poemas de jovens escritores pedindo a sua análise. Quando ele achava que o rapaz tinha talento escrevia sobre ele os artigos para jornais. Ele era muito generoso.”

José Paulo dedicou 13 livros de sua obra para a companheira Dora, que foi muito aplaudida pela turma do 5º ano. “Para nós do Friburgo é um grande privilégio e muita sorte ter a Tia Dora por perto”, disse o professor Marcos Arilho, agradecendo a presença em mais uma atividade do colégio.

Tia Dora voltará no Friburgo como convidada para assistir ao Sarau de Poesias do 5º ano que acontece no início de outubro.

Clique aqui e veja as fotos do encontro.

Diversos fenômenos da Física foram demonstrados no teatro do Friburgo na manhã do dia 02/06. A plateia, formada por alunos do 8º ao 3º ano do Ensino Médio, teve participação no espetáculo apresentado pelo professor Diego Almeida.

Lei de Newton, força centrífuga, equilíbrio na soma das forças, vibração e resultados do contato de diferentes objetos com o nitrogênio líquido fizeram parte do espetáculo. Os alunos mostraram muito interesse buscando explicações e significados para os fenômenos físicos demonstrados.

“O mais legal deste show interativo é despertar o interesse dos alunos, afinal por trás de cada fenômeno apresentado no show existe um fundamento matemático”, explica Diego. O professor explicou também que a Física é baseada em observações experimentais e fenômenos da natureza e utiliza a Matemática como linguagem para se expressar. Por esta razão é muito difícil separar as duas ciências.

Formado em Física na USP em 2010, Diego desde o primeiro ano da faculdade passou a integrar o grupo do Departamento Experimental do Instituto de Física que faz constantes apresentações como esta no auditório da universidade, em escolas e eventos especiais como feiras de Ciências. Depois de formado, Diego decidiu se dedicar integralmente à vida de professor, já que considera o show um complemento da aula.

No Friburgo, o professor e responsável pelas aulas de Desenho Geométrico (6º e 7º anos), Matemática (8º e 9º), Física ( 9º) e ainda por algumas aulas dos módulos de Matemática para o 3º ano do Ensino Médio.

Clique e veja a galeria de fotos do show.
Em breve vamos disponibilizar um vídeo com trechos da apresentação.

Mônica Blum, bibliotecária do Friburgo, acaba de receber um convite para ministrar uma palestra sobre incentivo à leitura no Senac, dentro do Projeto Palavra Lida.

O convite chegou devido ao excelente trabalho que Mônica desenvolve no colégio, e principalmente, acompanhando de perto o Projeto Mediação de Leitura que conta com a participação de diversos alunos e tem como objetivo aproximar as crianças que vivem em situação de risco do mundo literário, adquirindo desta forma o prazer pela leitura.

A palestra, que será realizada no dia 30 de maio às 14h, tem como público alvo os jovens que frequentam a biblioteca do Senac, na unidade localizada em Santa Cecília.

Parabéns, Mônica!

O Colégio Friburgo teve participação destacada em um dos mais importantes eventos sobre educação do Brasil. Realizado entre os dias 23 e 25 de março, no Centro de Convenções do Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, o Geduc 2011 – IX Congresso Brasileiro de Gestão Educacional e I Congresso Internacional de Gestão Educacional reuniu mais de 400 mantenedores, reitores, presidentes e dirigentes de instituições de ensino de todo o Brasil e do exterior na apresentação das mais modernas estratégias, ferramentas e práticas de sucesso na busca pela excelência na educação. Um dos pontos altos da programação foi a Sessão Internacional, realizada logo no primeiro dia, em que o professor Ciro Rodrigues de Figueiredo, presidente da Associação A Natureza do Ensino e diretor-geral do Friburgo, foi um dos palestrantes.

Com o tema “Gestão por Resultados”, esta edição do Geduc foi uma das melhores em termos de conteúdo e de participantes, com a presença de profissionais destacados no cenário educacional do Brasil e do mundo, diversas empresas patrocinadoras e expositoras e jornalistas especializados da mídia impressa e eletrônica. Entre eles, a especialista em liderança no setor educacional na Inglaterra, Alma Harris, da University of London, que falou sobre “Liderança e mudança em instituições e sistemas de educação”; o decano da Faculdade de Educação da Pontifícia Universidad Católica de Chile, com “Os desafios em desenvolver bons professores”; o educador norte-americano Mark Weston, estrategista de educação da Dell Global, que abordou “Como a tecnologia pode beneficiar a aprendizagem”; e o também educador e sócio-fundador da Asociación para el Desarrollo de la Creatividad, da Espanha, Francisco Menchén Bellón, que tratou da “Criatividade: arte de reinventar a escola”.

Cada uma dessas conferências teve como contrapartida uma outra, em que especialistas brasileiros apresentaram o pensamento nacional sobre o mesmo tema. O professor Ciro Figueiredo, palestrante no tema “Criatividade: arte de reinventar a escola”, iniciou sua apresentação com o poema “Reinvenção”, de Cecília Meireles e apontou quatro fatores que normalmente estão ausentes na educação moderna, mas são essenciais a um plano de ensino dinâmico e que estimule a criatividade: a palavra como ato criador, o desejo de querer mais, o repertório da leitura, e a ousadia. “O professor precisa destes quatro e quem está à frente de uma instituição de ensina deve apoiar e dar condições para que os tenha. Também é fundamental repensar o papel do aluno nesse novo momento”, declarou o dirigente do Friburgo.

Ainda participaram do Geduc pelo Friburgo, José Carlos Martins, Rosimari Ussifati, Rosana Alves Moreira e Vera Márcia Barreto. Elas estiveram presentes em workshops que discutiram temas como os desafios atuais na direção e coordenação na dinâmica escolar, processos de avaliação e mediação de conflitos escolares. Além de apresentar a experiência do Friburgo, o Geduc também se transformou numa excelente oportunidade de garimpar novas experiências que poderão se transformar em inovações e melhorias nas diversas áreas de gestão do colégio. E apesar de se tratar de um congresso sobre gestão escolar, quem tem a lucrar, no final, são mesmo os alunos.

Ricardo Oliveira, pai do aluno Tiago, do 3ºA, esteve no Friburgo no início de abril para contar sua experiência vivida na Amazônia. Ricardo foi até Porto de Trombetas, cidade construída por uma empresa que extrai a bauxita para fazer latinhas de alumínio, para verificar os níveis de poluição do meio ambiente.

Entre outras coisas, ele contou que a maioria dos trabalhadores são índios que moram próximo a região.

Veja algumas curiosidades anotadas pelos alunos:

– Na Amazônia os insetos são maiores do que os de São Paulo.
– O boto cor de rosa não é mansinho, muito pelo contrário, ele é bem bravo.
– Na Amazônia se vê animais e insetos por toda parte. Você precisa olhar o sapato antes de calçar e não pode pendurar roupas no varal porque os macacos pegam para fazer seus ninhos.
– Na Amazônia chove todos os dias.
– Os animais mais perigosos da Amazônia são a onça pintada e a piranha.
– A cobra sucuri tem 8 metros e consegue engolir um bezerro inteiro. A anaconda e a sucuri são primas.
– Na cidade Porto de Trombetas a língua mais falada é Inglês.

Esta atividade mostrou mais uma vez a importância da integração família-escola. Agradecemos ao Ricardo a dedicação e disponibilidade neste importante encontro.

Neste final de março, o professor de Geografia do Fundamental II, Leandro Duarte, preparou uma palestra especial para explicar para as turmas de 4º e 5º ano do Fundamental I como os terremotos e maremotos são formados.

Em uma apresentação utilizando o programa Power Point, Leandro mostrou onde se localizam as placas tectônicas e como elas se movimentam. Explicou sobre a Escala Ritcher que mede a magnitude de um terremoto e também sobre os riscos que podem alcançar outros locais. No caso do Japão, por exemplo, depois do terremoto e da consequente chegada dos tsunamis, mais de 20 países receberam sinal de alerta.

Depois de todas as explicações, os alunos participaram ativamente com muitas perguntas, inclusive sobre o mercado financeiro.

Para encerrar a palestra, Leandro falou sobre a energia nuclear e explicou como funciona um reator.

Aproveite para ver a apresentação e também entender os últimos acontecimentos na terra do sol nascente, clique aqui.

Arquivos

novembro 2017
S T Q Q S S D
« nov    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  
%d blogueiros gostam disto: