You are currently browsing the category archive for the ‘Responsabilidade Social’ category.

Com a colaboração e contribuição de muitos alunos, desde o Fundamental I ao Ensino Médio, a turma do 3º ano do EM conseguiu atingir seu objetivo: arrecadar ovos de Páscoa para todas as crianças da Instituição Gotas de Flor com Amor.

Um pequeno grupo representou o 3º ano, Thais, Stephani e Pedro, juntamente com o aluno Mário (9ºA). Eles foram até a Instituição, que se localiza no Alto da Boa Vista, para entregar os ovos pessoalmente. A bibliotecária Mônica Blum acompanhou os alunos.

Logo que chegaram esconderam os ovos por todo o espaço. Depois chamaram as crianças para uma divertida brincadeira de caça ao tesouro! A alegria tomou conta de todos que participaram deste encontro.

“Foi uma satisfação muito grande poder participar deste projeto e ver as crianças tão felizes”, contou o aluno Mário no retorno para o Friburgo.

Clique aqui e veja as fotos dos nossos “coelhinhos da Páscoa”.

Anúncios

Nos dias 18 e 19/03, multiplicadores do Friburgo e do Colégio Equipe se uniram para formar novas turmas de mediadores de leitura, com alunos a partir do 7º ano que se inscreveram para participar.

Na tarde do dia 18 as atividades aconteceram nas instalações do Friburgo, com a presença de mediadores e multiplicadores do colégio e também dos alunos do Colégio Equipe que participam do mesmo projeto.

Na manhã do sábado, 19/03, foi a vez dos alunos do Friburgo visitarem o Equipe para concluir o treinamento. “O fato desta formação ter sido feita em conjunto entre os dois colégios, promoveu a integração de nossos alunos com adolescentes que atuam em outros locais da cidade, ampliando a visão de trabalho social e a dimensão que este possui”, disse a bibliotecária Mônica Cyrillo, referente do Friburgo neste projeto.

O Projeto de Mediação de Leitura, em parceria com a Abrinq, tem o objetivo de estimular a leitura e ampliar o acesso aos livros para crianças em situação de risco, que participam de programas nas instituições parceiras do Friburgo.

O grupo de mediadores do Friburgo, devidamente capacitados, inicia neste final de março o trabalho junto ao Lar das Crianças da CIP – Congregação Israelita Paulista, localizado no Alto da Boa Vista.

Uma vez por semana, a turma de mediadores vai dedicar uma tarde para levar às crianças de 6 e 7 anos, jogos, brincadeiras e leitura de qualidade. Tudo planejado pelo grupo de alunos, que também se responsabiliza pelo relatório final da atividade.
Parabéns aos alunos que dedicam seu tempo a este importante trabalho social!

Em breve todos os alunos, a partir do 7º ano, serão convidados para participar de uma reunião para apresentação do Projeto Mediação de Leitura, desenvolvido pelo Friburgo em parceria com a Fundação Abrinq. Trata-se de um projeto com o objetivo de ampliar o acesso à leitura e ao livro de qualidade para crianças carentes que vivem em situação de risco.

Depois da apresentação os alunos poderão decidir se querem fazer parte deste grupo que desenvolve este trabalho social tão importante e gratificante. As atividades acontecem a partir do mês de março.

Para se tornar um mediador de leitura, o aluno precisa passar por uma capacitação, com um total de 16 horas de duração. A capacitação é feita, normalmente, por multiplicadores de ONGs e instituições indicadas pela Abrinq. Este ano, o Friburgo conta também com quatro alunos que em 2010, tornaram-se multiplicadores, após realizar 60 horas de trabalho voluntário de mediação e passar por um treinamento especial.

Para o orgulho do Friburgo, Ana Carolina, Julia e Gabriela, do 3º ano e o aluno Rafael do 1º ano do Ensino Médio poderão, com sua experiência adquirida, passar para os alunos interessados muitas orientações sobre brincadeiras lúdicas, aquecimento para a leitura, mediação, escolha dos títulos mais indicados para cada faixa etária, e toda a preparação inicial e relatório das atividades.

A diretora pedagógica do Friburgo, Iracy Garcia, defende o trabalho voluntário como fator de extrema importância para o autoconhecimento e desenvolvimento da personalidade de cada um. “Sempre me lembro de uma frase de Gandhi onde ele diz que nós somos a mudança que queremos para o mundo. Está na hora de cada um buscar tempo, colocar metas e mudar a si mesmo. Desta forma, todos juntos, poderemos modificar a realidade”, conclui Iracy.

Pense nisso e venha fazer parte deste grupo!

Depois de trabalharem com o livro “Capitães de Areia” de Jorge Amado, que conta a história de um grupo de cem garotos órfãos pobres e ladrões, com histórias e conflitos de uma vida repleta de injustiça e desigualdade, os alunos do 8º ano decidiram fazer uma campanha social para ajudar as crianças do Lar São José, supervisionados pela professora Paula Trindade.

“Esta é uma excelente maneira de mostrar para todos os alunos o outro lado. Como vivem as crianças menos favorecidas e a enorme importância de poder ajudar”, diz o aluno Arthur M., do 8º B. Outro aluno bastante envolvido com o projeto é Arthur D., do 8ºA, que fará pela primeira vez um trabalho como este e está cuidando da recreação. “Sinto que todos estão felizes em poder ajudar. Vamos passar uma tarde divertida e que será muito importante para as crianças e, principalmente, para nós”, contou.

Para uma melhor organização, as turmas se dividiram. Um grupo está cuidando da divulgação e arrecadação dos donativos. Para isso pesquisaram junto à instituição as maiores necessidades. Outro grupo será responsável por preparar o lanche que levarão no final de novembro quando está programada a visita dos alunos para levar os donativos e também passar uma tarde brincando com as crianças. Para organizar as brincadeiras e atividades, alunos-monitores que já estão providenciando o material necessário para divertir a criançada. Nesta lista também já está uma seleção de livros da Biblioteca do Friburgo para uma roda de leitura.

Os alunos pedem a colaboração de toda a Comunidade Friburgo para arrecadar os seguintes materiais que serão doados ao Lar São José:

Papéis sulfite A4 / Cartolina (várias cores) /Color Set (várias cores) / EVA (várias cores)  / Papel Espelho (várias cores) / Papel Laminado (várias cores) / Celofane (várias cores) / Crepom (várias cores) / Cola branca / Plastcor / Glitter / Guache / Tinta a dedo / Massinha de modelar / Giz de cera / Lápis de cor / Tesoura sem ponta / Pincel / Barbante.

Os materiais devem ser entregues ao CA até dia 29/11.

POR QUE AJUDAR?

“Você está satisfeito com o mundo em que vive?”, perguntam os alunos do 8º ano.“Pois é, nós também não”, eles repondem.

Diz a sabedoria popular que o futuro de um país está nas mãos dos jovens. Que tal começarmos a agir, oferecendo oportunidade de uma vida mais digna às crianças?Faça sua parte e ajude o Lar São José a cuidar dos adultos do futuro.

Contamos com você!

Mais uma vez os alunos do Friburgo se mobilizam por uma causa mais do que justa. Depois da turma do 5º ano arrecadar figurinhas com todos os alunos do Fundamental I para enviar para as crianças da CIP, foi a vez dos alunos do 4º ano mergulharem de cabeça em uma importante campanha.

A campanha foi feita junto aos alunos do Fundamental I, solicitando brinquedos usados em boas condições para serem enviados para a instituição Gotas de Flor com Amor.

A turma do 4ºB se empenhou bastante e conseguiu arrecadar mais de 200 brinquedos para presentear todas as crianças da instituição. Os brinquedos foram arrumados e embalados para presente pelos próprios alunos, que selecionaram e fizeram cartões para meninas e meninos.

No dia 08 de outubro, os alunos saíram do Friburgo, juntamente com todos os brinquedos, para fazer a entrega no Gotas de Flor, unidade do Brooklin. “A turma se dedicou integralmente ao projeto e ficou muito satisfeita com o resultado. Todos se envolveram e perceberam a importância da doação”, contou a professora Sandra Fialho.

Clique aqui e acesse a galeria de fotos.

Os alunos do 5º ano se mobilizaram para ajudar a turma do Lar das Crianças da CIP. 

O tema foi proposto em uma reunião de representantes de classe e todos abraçaram a causa. Foram arrecadadas centenas de figurinhas do álbum da Copa do Mundo com todos os alunos do Fundamental I. “Passamos em todas as classes explicando a nossa proposta e a maioria participou. Acho que temos que doar todas as coisas que não usamos mais. Podem servir para outras pessoas”, explicou o aluno e representante de classe, Rafael, do 5ºA.

“Fiquei muito impressionada e orgulhosa pela atitude dos alunos do Friburgo. As crianças adoraram as figurinhas”, contou Kátia Honora, coordenadora geral do Lar das Crianças.

Friburgo inaugura curso noturno para o Ensino Médio

Aconteceu, no dia 16 de agosto, a aula inaugural do curso de Ensino Médio do período noturno. 

A Associação Natureza do Ensino, mantenedora do Colégio Friburgo, está expandindo suas atividades no campo da responsabilidade social, por isso, este curso é destinado a alunos vindos de escolas públicas que contam com bolsas integrais para terminarem seus estudos.

A concretização desta proposta deu-se graças a uma importante parceria com a ASAM – Centro de Apoio ao Jovem – uma instituição de referência em Santo Amaro na formação profissional de adolescentes e sua colocação no mercado de trabalho.

Jovens inscritos na ASAM participaram de uma avaliação para a seleção de 50 alunos. “Nossos jovens estão felizes e eu estou muito orgulhoso deles. Graças ao apoio da ASAM e das famílias e da benevolência do Colégio Friburgo, eles conquistaram esta oportunidade e precisam agarrá-la”, disse o Sr. Walter De Felice, presidente do Conselho deliberativo da ASAM.

O entusiasmo tomou conta também da Comunidade Friburgo e muitos funcionários se envolveram com a causa trabalhando para que as aulas pudessem iniciar o mais rápido possível.

O grupo recebeu as boas-vindas de Ciro de Figueiredo, presidente da Associação Natureza de Ensino e diretor geral do Colégio Friburgo, que falou sobre o valor extraordinário que este trabalho terá não somente na vida destes adolescentes como também na história do Colégio. Como representantes do Friburgo também estavam presentes os diretores Iracy Garcia e José Carlos Martins, a coordenadora Vera Barreto e o grupo de professores do período regular que também serão responsáveis pelas aulas do noturno.

Depois da atividade no teatro, onde receberam todas as informações sobre o curso, grade curricular, sistema de avaliação e estrutura do colégio, os alunos se dirigiram para as salas de aula para iniciar o trabalho.

Agora Biologia, Português, Geografia, Matemática e todas as outras disciplinas terão um sabor mais especial para esta dedicada turma de jovens e, certamente, este é mais um capítulo de destaque na história de mais de 50 anos do Colégio Friburgo.

Durante o feriado de Corpus Christi um grupo de cinco alunos do Friburgo dedicaram seu tempo a uma causa muito nobre. Eles se juntaram a mais trinta voluntários de outras instituições para participar de um encontro do Projeto Mudando a História, da Abrinq, que aconteceu no Casa de Retiros Nossa Senhora do Cenáculo, em Taboão da Serra.

Durante os dias 3, 4 e 5 de junho, Ana Carolina, Julia e Gabriela, do 2º ano do Ensino Médio e os alunos Rafael e Pietro do 9º ano, participaram de muitas atividades e dinâmicas de grupo para se tornarem multiplicadores do projeto. Agora, além de mediadores de leitura, este seleto grupo está capacitado para formar novos mediadores no trabalho que terá início após as férias de julho.

No retorno da viagem os alunos conversaram com a Diretora de Assuntos Comunitários e responsável pelo projeto no Friburgo, Iracy Garcia e também com Mônica Blum, bibliotecária e grande incentivadora dos alunos, e contaram os detalhes desta experiência. Para Mônica, os alunos voltaram muito sensibilizados com a importância social deste trabalho que desenvolvem.

“Os cinco alunos capacitados como Multiplicadores pelo Projeto Mudando a História, sem dúvida, alcançaram um nível de ação de grande importância dentro da escola. Agora não precisamos trazer multiplicadores de outras instituições para capacitar futuros mediadores de leitura do Friburgo. Além disso, podemos abrir espaço para jovens de outras escolas ou mesmo ONGS serem capacitados aqui. E isto tudo porque temos jovens de valor, que acreditam no significado das ações solidárias e no exercício da cidadania. Esses jovens alunos nos desvelam a possibilidade de um mundo melhor, mais justo e por isso estão de parabéns!”, disse muito orgulhosa, a diretora Iracy Garcia.

Leia abaixo o que os alunos disseram sobre esta experiência:

“Foi maravilhoso, um final de semana perfeito. Revimos nossos conceitos sobre a formação da mediação de leitura. Conseguimos unir a experiência como mediadores e agora como multiplicadores.” – Ana Carolina

“Foi uma experiência única. Aprimoramos nosso conhecimento. Posso dizer que nos acrescentou muito e não só como mediadores, mas também como ser humano. Estou ansiosa para começar a trabalhar em agosto” – Gabriela
 
“O ambiente de uma casa de retiro é muito tranquilo e achei legal todos respeitarem. O grupo de trabalho era sempre mudado o que nos fez conviver com todos. Desta forma, fizemos muitas amizades.” – Julia

“Foi uma reunião de pessoas muito diferentes em busca do mesmo objetivo. Diferentes realidades convivendo igualmente. Foi muito bom. Agora vamos formar multiplicadores no Friburgo” – Rafael

“Não foi só importante para a formação de multiplicadores mas também para aprimorar o trabalho como mediador. Fizemos muitas amizades com pessoas de 10 diferentes instituições, trocamos experiências e foi muito bom” – Pietro

Clique aqui e veja as fotos.

Os alunos do 5º ano têm realizado todas as suas aulas de Ciências no laboratório para desenvolver estudo sobre a eletricidade.

E depois da visita que fizeram ao Museu da Energia, em Jundiaí, estão todos craques no assunto. Aprenderam que a energia química se transforma em energia elétrica e que todos os componentes elétricos precisam ter um descarte especial quando são jogados fora. “Uma pilha usada deve ser jogada em lixo especial, caso contrário pode contaminar os lençóis freáticos que irrigam várias plantações”, explica João Pedro. A preocupação dos alunos fez com que criassem uma campanha para coleta de pilhas usadas: o Papa-pilhas!

Construíram uma caixa com material reciclado e colocaram no CA para que todos os alunos possam trazer as pilhas de suas casas e descartar em uma local correto. A campanha contou ainda com a visita de grupos de alunos em todas as salas de aula do Friburgo, para explicar a campanha. Mas a abordagem desta animada turma não parou por aí. Foram também em todos os departamentos do colégio avisando os funcionários sobre a importância de ter uma atitude consciente com o nosso planeta.

“É muito importante este tipo de campanha porque muita gente não sabe que, sem querer, pode prejudicar o meio ambiente”, contou a aluna Julia, do 5ºB.

Depois desta ação, demonstrando toda a responsabilidade ambiental que esta turminha tem, foi a vez de voltar ao laboratório para um grande desafio: construir uma lanterna utilizando uma garrafa Pet pequena, uma lâmpada, duas pilhas e um suporte para pilhas.

“Esta atividade está sendo muito legal porque além de aprender a fazer uma lanterna de verdade, estamos reaproveitando as garrafas que iriam para o lixo”, contou Pedro Henrique. Sarah também gostou de aprender sobre os tipos de energia e se divertiu montando sua lanterna, que será exposta durante a mostra da Liverdade.

Os alunos montam e ficam ansiosos para verificar o resultado. Mas, muitas vezes as lanternas apresentam mau contato e não funcionam direito. “Todos precisam exercitar a paciência para consertar os defeitos e colocar em prática todos os conceitos que aprenderam durante as aulas”, conclui a professora Sandra Fialho.

O próximo desafio será construir um circuito elétrico para iluminar a maquete de uma casa com 4 cômodos, onde as lâmpadas devem ser acendidas individualmente. Aguardem!
 
Clique aqui e vejas as fotos da campanha e das aulas no laboratório.

Estamos acompanhando as ações que o Ministério da Saúde vem desenvolvendo com relação à Gripe Suína. Prevenção é um ato antecipatório que possibilita a todos o enfrentamento que uma endemia produz.

Já vivenciamos, enquanto povo, os reflexos da doença em nossa sociedade. Previni-la é um ato cidadão e solidário. O Colégio Friburgo atento a esse processo traz para sua comunidade escolar alguns elementos que, também, auxiliam nesse momento de prevenção.

O que é gripe?
Conceito: A gripe é uma infecção viral que ataca o sistema respiratório, incluindo nariz, garganta, brônquios e pulmões. A gripe é causada por um vírus chamado Influenza.

Diferença entre gripe comum e a Influenza.

SINTOMAS
Febre de início súbito (>39ºc)
Tosse, dores de garganta
Dores musculares
Dores de cabeça
Arrepios de frio
Cansaço
Diarréia ou vômitos

CONTÁGIO
Pessoa a pessoa, através de gotículas de saliva.
Ao tossir ou espirrar.
Mãos contaminadas em contato com olhos, nariz ou boca.

PREVENÇÃO
Lave sempre e muito bem as mãos, fazendo bastante espuma!
Evite contato das mãos com olhos, nariz e boca.
Limpe frequentemente superfícies e objetos muito usados.
Evite frequentar lugares públicos e pouco arejados.
Evite contato com pessoas gripadas.
Mantenha distância de pelo menos 1 metro de pessoas gripadas.

ATENÇÃO
Se ficar doente, procure o médico e permaneça em casa!
Se ficar doente evite contato com outras pessoas!
Se tossir ou espirrar, cubra a boca e nariz com lenço de papel ou antebraço, nunca com as mãos!
Jogue lenços de papel usados no lixo!

Estas e outras orientações encontram-se na apostila de prevenção da gripe H1N1.

Arquivos

outubro 2018
S T Q Q S S D
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: